Coração que quer transbordar!

Expandir os limites até onde não espero,

Sair para conhecer o final da estrada,

Sentir derramar o suco de maracujá nas minhas mãos,

E as lágrimas descer pelo rosto…

Como eu posso conter tudo isso,

Dentro de mim,

Diante das mais intensas emoções?

Existe uma contradição…

Eu quero ser forte,

Para não parecer fraco perante as pessoas,

E não dar motivo para comentários.

Mas ao mesmo tempo,

Não consigo conter,

O sentimento que quer transbordar,

A vontade de pedalar,

O amor que deseja brotar…

E nas minhas veias me alimenta.

Preciso aprender,

A não me conter,

A não delimitar meu espaço…

Preciso aprender,

Que é divino respirar fundo,

Conecta-se com a tranquilidade,

E deixar as emoções fluírem…

Preciso aprender,

Que, como o tempo passa,

O corpo envelhece e se transforma,

E sou muito grande de espírito,

Para ficar no pouco das opiniões alheias.

Às vezes um conflito de ideias,

Me toma a mente,

Deixando-me numa encruzilhada:

Ser um ideal forjado pela aparência,

Ou construído pelas feridas que faz o homem?

Bem…preciso aprender e estou aprendendo,

Preciso também viver cada ocasião,

Dar liberdade ao coração,

Em sua total intensidade,

Num manifesto de pluralidade,

Que deseja transbordar!

Pois meu mundo é um mundo,

Com o doce e amargo,

E também com o contato e o ponto de interrogação,

Na paz…na euforia…na sensação!

Por Ricardo Verçoza – Professor, Administrador e futuro Jornalista.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s