No lago azul

Sob um afastado lago,
olho o espaçado céu azulado,
Calmo e deitado de dentro,
de nosso barquinho alugado.

Vejo teus olhos azulados.
Mostrando-me que por ti sou amado,
Tua mão que desce prestando afago,
é a que beijo por dá tão grande agrado.

Sopra um vento daqui, d’aculá.
Entrecortado vem teu cabelo assanhar.
– Minha Dama permita-me ajudar,
a teu lindo cabelo, bela forma encontrar.

– Permita-me mais fazer!
– Quero agora em meus braços te ter!
 Ante este lago azulado,
quero sentir teu rosto quente recostado.

 Ao meu lado, rosada…
Contemplando aqui a paisagem por Deus pintada,
No lago, nosso reflexo adiante, 
A imagem de um eterno amor por um instante…

Por Omar Bennazir – omarbennazir@gmail.com

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s